Algas Vermelhas: Benefícios que estão presentes na constituição do Tônico Blend Gel

Os oligoelementos presentes em algas vermelhas fazem com que a incorporação de aminoácidos
sulfurados à cutícula do cabelo ocorra mais eficazmente. Assim, em produtos capilares onde ocorra esta
composição, obteremos um aumento da resistência do fio à quebra devido ao aumento da substantividade dos
peptídeos vegetais sulfurados e da nutrição proveniente dos oligoelementos. A descrição dos oligoelementos
contidos nesta alga segue abaixo:
• Cálcio: Cálcio: A deficiência em cálcio faz com que o cabelo fique frágil e quebradiço. O cálcio contribui para
o metabolismo do ferro e vitaminas; sua ação também é essencial para o mecanismo enzimático da
formação das proteínas do cabelo.
• Manganês: Manganês é essencial para a assimilação d Manganês: o mecanismo dos glicídios e lipídeos, atuando
sobre a cutícula do cabelo na sua ideal lubrificação e proteção da barreira lipídica. Ele controla a
elaboração de várias enzimas necessárias para o metabolismo das vitaminas B1, B3 e C. Existem ainda
vários trabalhos que ligam sua falta à existência da alopecia, sendo que vários tratamentos contra a
queda de cabelos o utilizam como aditivo essencial, seja ele considerado pela sua ação direta na síntese
de vitaminas do complexo B, ou pelo seu fortalecimento do bulbo capilar.
• Silício: Silício é um dos componentes mais importan Silício: tes para o cabelo. Ele participa de uma etapa
importantíssima da reconstituição do cabelo e luta contra o seu envelhecimento. É essencial para a
obtenção de cabelos com muito brilho, sendo sua ação ligada à ação do cálcio.
• Zinco: Zinco é essencial para o funcionamento das g Zinco: lândulas endócrinas. É fundamental para a
oxigenação celular e reconstituição da membrana celular. Protege os ácidos nucléicos (RNA-DNA)
das células e ao mesmo tempo garante a integridade molecular e celular do cabelo. Na cosmética
capilar sua ação mais reconhecida é no tratamento de cabelos enfraquecidos. É extremamente
reconhecido no mundo cosmético científico o seu uso para o fortalecimento capilar.
Outros oligoelementos como cobre, ferro, magnésio e enxofre também estão presentes em menores
quantidades.
Em cosméticos para cabelos, o extrato de Rhodophycea é conhecido como um ingrediente para
tratamento de cabelos enfraquecidos. Seu uso como fortalecedor de cabelo é bem conhecido no mundo científico
e cosmético.
O produto da referência acima foi testado In vivo, isoladamente em uma solução aquosa a 5% , onde o
resultado do fortalecimento da resistência capilar foi medido.
O teste foi realizado em 10 voluntários saudáveis. Amostras dos cabelos foram colhidas antes da aplicação
da solução de oligoelementos e comparadas entre parte tratada e não tratada. Algumas amostras foram imersas
por 15 horas em uma solução aquosa contendo 5% da solução de oligoelementos.
O instrumento utilizado foi um dinamômetro que mediu a resistência mecânica do fio até a ruptura.
O resultado médio foi obtido calculando-se a diferença de força necessária para a ruptura dos fios de
cabelo de cada voluntário; parte tratada comparativamente com a parte não tratada.
Como resultado, o aumento médio da resistência capilar foi de aproximadamente 12% em uma única
aplicação.

A barboterapia é um procedimento que consiste em limpar de uma forma mais profunda a pele facial! Ela elimina fungos e bactérias que adquirirmos no dia a dia e que nossa limpeza no banho não resolve tanto.

Para os homens com barba, o procedimento é essencial, pois o creme esfoliante extrai toda a pele morta por debaixo dos pelos. É aconselhável que o barbeiro faça o desenho da barba de seu cliente com a máquina antes de iniciar a massagem, pois assim a pele absorverá com maior eficácia, todo o produto fazendo sua limpeza profunda!

Pós massagem, usa-se a famosa toalha aquecida, proporcionando um barbear mais suave sem irritações! É ideal que pós barbear, o barbeiro retire os resíduos do creme que ficaram na pele com a toalha úmida, deixando assim o rosto bem limpo no ponto de finalizar seu serviço.

Este procedimento é muito procurado dentro das barbearias mais modernas e já faz parte da rotina do homem. Quem conhece, com certeza recomenda, porque além da limpeza que citei acima, ele proporciona um relaxamento para o cliente.

A Bucks cosméticos, possui o melhor creme esfoliante do mercado, pois em sua composição encontramos matérias primas naturais, que desobstrui os poros auxiliando na reconstrução celular, as sementes de Apricot fazem a super limpeza e o óleo de melaleuca lhe oferece uma suavidade superior que nenhum outro produto tem.                                              

Por Derik Warwick, 15 de setembro de 2020

O balm para barba é composto pelos mesmos tipos de óleos essenciais contidos no óleo. A principal diferença de ingrediente é que os balms têm uma base primária de cera de abelha, manteiga de cacau e manteiga de karité. Isso o transforma em uma substância com aspecto de creme. O balm condiciona a sua barba, além de moldá-la. Se você tem a barba rebelde, irregular que dificulta o alinhar dos fios, o balm pode ser uma boa opção para você. Mantém sua barba saudável e macia, além de mantê-la limpa e alinhada.

Se você tem a barba alinhada, com os fios no lugar, e gosta que se apresente naturalmente, o óleo para barba pode ser a melhor opção para você. O óleo fornece as mesmas vitaminas e nutrientes que o balm, mas não interfere no formato da barba. Se você não deseja uma fixação mais intensa, mas deseja os efeitos condicionantes e de hidratação , o óleo de barba é a melhor opção.

 Indicamos usar os dois. Achamos que proporcionam mais brilho, mais hidratação e condicionamento melhor aos fios, além de proporcionar um efeito mais duradouro. De qualquer maneira, se você é um barbudo de verdade, você sabe da importância de ter sempre um óleo e um balm sempre com você. Se você apenas lava a barba e nunca usa produtos específicos de limpeza e hidratação para barba, poderá danificar seriamente os fios.

Cuidar bem da sua barba é uma prioridade para mantê-la saudável. Se você cuidar bem, jamais vai querer se separar dela

Melaleuca alternifolia, também conhecida como Tea Tree, é uma pequena árvore que tem origem na Austrália. A partir de suas folhas, é extraído então o óleo essencial amplamente utilizada como agente terapêutico tópico. O uso medicinal do óleo está ligado a ação anti-inflamatória e antimicrobiana.

Quais seus benefícios?

O uso da melaleuca e de seu óleo é ancestral e começou com os povos indígenas australianos, que usavam o composto de diferentes maneiras em uma série de tratamentos. Tosses, resfriados, dores de garganta, feridas e doenças de pele entram nessa lista.

Há mais ou menos um século, passou-se a reconhecer a tea tree como opção para tratamentos medicinais alternativos. Atualmente, a substância tem destaque por sua ação antibacteriana tópica. Traduzindo: seu óleo funciona como um agente de limpeza para a pele. É por isso – e pelo fato de ser capaz de reduzir inflamações – que se tornou tão adorado para o tratamento da acne! Além disso, pode ser eficaz no combate às infecções por fungos, como micoses e pés de atleta.

por: @coisas de diva

Muitos homens sofrem com a sensibilidade da pele depois de se barbearem. Os episódios de foliculite pós-barba são conhecidos clinicamente como pseudofoliculite e, apesar de frequentes e normais, é possível preveni-los.

Confira a lista:

  • – Quando os pelos são muito grossos, é indicado um produto pré-barba ou hidratante para amaciá-los;
  • – Não se barbeie com pressa, sem produtos que auxiliam ou só com água. O ideal é usar espuma ou gel previamente. Opte por produtos com pH neutro e não muito agressivos, que possuam ação hidratante e calmante;
  • – Passe a lâmina no sentido do crescimento do pelo, o menor número possível de vezes – é importante que o aparelho esteja em boas condições e não se esqueça de trocá-lo com frequência;
  • – Use produtos específicos pós-barba para reduzir a irritação e evite os que contenham álcool.

1) NÃO LAVAR A BARBA

Assim como os cabelos, a barba também precisa ser lavada regularmente – e só água não é suficiente. “Por terem fios mais grossos e espessos, as barbas necessitam de tratamentos e cuidados sempre.” explica Wagner. Por isso, usar shampoo e condicionador na hora de lavar a barba é fundamental. Essa rotina simples deixa os fios mais limpos, cheirosos e macios.

2) LAVAR A BARBA APENAS COM SABONETE

O sabonete limpa os pelos da barba, mas não é suficiente para mantê-la saudável e macia. Por serem mais grossos do que os cabelos, eles precisam de um produto que cuide de verdade dos fios, que ajude a desembaraçar os nós e reparar a fibra capilar.

3) USAR QUALQUER SHAMPOO

É muito comum que os homens utilizem qualquer shampoo que estiver no banheiro para cuidar da barba, sem se preocuparem com os ativos presentes na fórmula. “Os fios masculinos são naturalmente mais espessos e, graças à testosterona, produzem mais sebo junto à raiz tornando o cabelo naturalmente mais oleoso”, explica Wagner. Por isso, usar produtos desenvolvidos especialmente para os cabelos masculinos faz toda a diferença no visual e na textura da barba.

4) ESQUECER DE APARAR A BARBA REGULARMENTE

Mesmo quem quer deixar o cabelo crescer precisa cortá-lo de vez em quando para que continue forte e saudável. Essa regra também vale para as barbas, que são frequentemente negligenciadas. Um barbeiro pode aparar a barba de uma maneira que combine com o formato do rosto e a textura do fio do cliente. Consulte um profissional para saber a frequência com que sua barba deve ser aparada, pois vai depender da velocidade com que os pelos crescem.

5) NÃO HIDRATAR A BARBA

Já que os pelos da barba são mais grossos do que os do couro cabeludo, eles precisam de hidratação com mais frequência. Condicionadores ajudam nessa missão, mas óleos capilares tendem a fazer efeito mais rapidamente, por causa do seu poder de nutrição. Uma pequena quantidade é suficiente para transformar a aparência e a textura da barba, que ficará macia, cheirosa e alinhada. Misture com o condicionador e deixe agir por um ou dois minutos antes de enxaguar.